Já sou aluno

Professor Rodrigo Eisinger


Rodrigo-eisinger

Iniciou seus estudos na gaita diatônica em 1999, quando residia na cidade de São Carlos, e lá formalizou seus estudos em teoria musical e também gaita cromática, onde formou o naipe de gaitas da Orquestra Experimental da UFSCar e atuou como solista.

Em 2003 começou seus estudos no Bacharelado em Música Popular da Unicamp, focando seus estudos na gaita diatônica e também cromática.

Em 2008 entrou no Mestrado em Música da Unicamp, onde o tema de sua pesquisa aborda a gaita diatônica e suas possibilidades cromáticas.

Atuando como músico profissional desde 2001, Rodrigo Eisinger trabalha com um repertório variado de estilos musicais, desenvolvendo trabalhos no jazz, blues, musica instrumental brasileira, choro e samba.

Já tocou em diversos festivais, como o Fórum Harmônica Brasil em Fortaleza, Festival Internacional de Harmônica no Sesc Pompeia, Barra Jazz no Piaui (onde dividiu palco com Toninho Horta e Carlos Malta), Caju Bossa (abrindo o show de Danilo Caymmi) entre outros.

Junto com Fernando Xavier e Paulo Gazela, gravou no disco Walterama, projeto instrumental em homenagem ao gaitista Little Walter.

Residindo em Campinas, Rodrigo Eisinger, além de músico profissional, é professor e pequisador da gaita e da música, buscando o entendimento de como esse "pequeno grande instrumento", pode se inserir nos mais diversos estilos musicais.


Professor Fernando Xavier


Teacher-photo

A partir de 1994, aos 16 anos o músico estabeleceu uma forte relação com a gaita diatônica. Através dela passou a se dedicar à música até que se tornasse sua profissão em tempo integral. Atualmente com 18 anos de instrumento, acumulou vivências marcantes, tais quais, os ensinamentos recebidos de alguns dos mais experientes gaitistas brasileiros, também com o Professor Dr. Marcel Rocha sobre harmonia e o blueseiro norte-americano Mark Hummel, representante chave do estilo jump blues.

Em 2004 tocou no palco principal do Festival Internacional de Harmônicas no SESC Pompéia em São Paulo SP, um dos maiores do mundo. Foi integrante de vários grupos, entre eles o sexteto instrumental Walterama, com o qual gravou CD em 2009, selecionado e financiado pela Secretária de Turismo e Cultura do Município de Campinas SP.

Na terra de Carlos Gomes, ocupa a cadeira de professor de gaita há mais de uma década, na instituição que leva o nome do maestro, o Conservatório Carlos Gomes de Campinas, reconhecido nacionalmente como celeiro de novos talentos artísticos. Desenvolveu método próprio desde que notou a distância entre o conhecimento musical geral e, aquele que diz respeito à gaita. Aproximou portanto, o que não deveria estar tão separado e, assim, situou com seriedade o pequeno e belo instrumento em seu merecido lugar, junto com todos os outros, onde não há limites para estilos musicais e abordagens

.

Matricule-se agora!